A câmara escura muito antes da fotografia

Moça com Brinco de Pérola (2003)
Moça com Brinco de Pérola (2003)

Muito antes da fotografia ser inventada artistas já utilizavam a câmara escura, ou câmara obscura, para auxiliar o processo de formação da imagem a ser pintada em um quadro.

No filme “A Moça com Brinco de Pérola (2003)” do diretor Peter Webber, vemos um período da vida do pintor holandês Johannes Vermeer quando ele realizou seu famoso quadro que dá nome ao filme. Vermeer, vivido pelo ator Colin Firth pintou o quadro de uma garota desconhecida usando um brinco de pérola. No filme a garota é Griet, interpretada por Scarlett Johansson, uma criada da casa que demonstra interesse pela pintura e pelo trabalho artístico de seu mestre.

Em uma das cenas Vermeer explica a Griet o que é o estranho objeto que acaba de chegar em seu estúdio.

Para quem gosta de fotografia, o filme é particularmente interessante porque retrata um pouco da rotina do artista em seu estúdio, buscando controlar a luz, a composição e o arranjo da cena, algo que ainda hoje na fotografia são elementos fundamentais para a criação de uma bela imagem.

O quadro original e a cena do filme
O quadro original e a cena do filme

Assista ao trecho do filme acima e se tiver mais interesse procure assistir ao filme completo, observando o cuidado com que o diretor do filme tentou reproduzir nas imagens os ambientes e a luz que vemos nos quadros de Vermeer.

Para ver um outro exemplo de câmara escura, assista esse vídeo abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *